Santa Casa (Brasil) receberá consultoria internacional

Projeto começará a ser implantado no mês de setembro pela Bionexo e Antares Consulting


17/07/2012

 

Graças à credibilidade adquirida ao longo de quase 161 anos de existência, a Santa Casa de Maceió foi escolhida para implantar um projeto de integração da cadeia logística interna, iniciativa que visa garantir a melhor forma de aquisição de medicamentos e insumos e o uso adequado deles, de maneira que não haja desperdícios.

 

O projeto foi apresentado ao provedor da Santa Casa, Humberto Gomes de Melo, e à diretoria da instituição, pelo presidente da Bionexo, Maurício Barbosa, e pelo representante da Antares Consulting, Eduard Portella, empresas que serão as responsáveis por acompanhar as etapas de implantação e execução do projeto.

 

Na ocasião, Eduard Portella fez uma breve apresentação dos passos a serem seguidos para a consolidação dos benefícios previstos. Segundo ele, a expectativa é a de que os gastos sejam reduzidos em cerca de 15%. Projeto semelhante já foi desenvolvido em outros países, onde a previsão de redução dos gastos excessivos foi alcançada. Agora, pela primeira vez, ele será implantado no Brasil, na Santa Casa de Maceió. A instituição foi escolhida por deferência do presidente da Bionexo entre as mais de 600 empresas que usam a plataforma de compra.

 

"Decidimos investir em um cliente e escolhemos a Santa Casa porque ela é uma instituição na qual confiamos muito, que é um exemplo de gestão no País. Nós buscamos um hospital de referência nessa área para aumentar ainda mais os benefícios", falou Maurício Barbosa.

 

O projeto de integração da cadeia logística interna a ser implantado na Santa Casa será acompanhado por seis profissionais da Antares Consulting, além de também contar com o monitoramento da Bionexo. No total, serão dois meses de trabalho.

 

As etapas de execução foram divididas em três partes. A primeira delas diz respeito à coleta de informações; a segunda ao diagnóstico da situação atual e a terceira à adoção de medidas de eficiência e avaliação de impactos.

 

O provedor Humberto Gomes de Melo destacou a importância da iniciativa, ressaltando os resultados já obtidos por meio do convênio com a Bionexo. "Tenho certeza de que vai dar certo, porque eu acredito que ainda exista gordura que possa ser retirada, mesmo com tudo o que temos conseguido até agora. Os resultados obtidos com a Bionexo nos dão condições para acreditar que essa experiência poderá se espalhar pelo País", falou.


Fonte: TribunaHoje
Aceder à notícia original

Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade