O profissional exige valor acrescentado à nova tecnologia de diagnóstico



Um relatório difundido pela consultora Antares Consulting revelou que, entre as barreiras para a aquisição e uso de tecnologia de diagnóstico e de acompanhamento das doenças  crónicas, deve contar-se com a relutância por parte de alguns profissionais reticentes no seu uso, e  mesmo aqueles que argumentam que não há evidência clínica suficiente para apoiar a sua implementação nas organizações de saúde, como resulta da leitura do estudo, intitulado A contribuição das tecnologias de diagnóstico e acompanhamento na gestão do doente crónico.


Fonte: Redacción Médica
Aceder à notícia original

Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade