O setor privado da saúde cresce e potencia a sua sensibilidade para o paciente idoso


O estudo RESA 2018 sobre indicadores de resultados em saúde do setor privado em Espanha, editado pela sétima vez pela Fundação Instituto para o Desenvolvimento e Integração da Saúde (IDIS), confirmou o crescimento do setor e uma maior sensibilidade e melhor conhecimento do paciente idoso e crónico.

 

19/09/2018

 

(…)

 

O diretor da Antares Consulting, Joan Barrubés, felicitou a IDIS por ter tido a coragem de publicar os seus resultados setoriais ao longo de sete anos, uma perseverança eloquente, raciocinou, que se vê confirmada em cada relatório por parte dos 325 hospitais e centros ambulatórios que têm de se esforçar muito para disponibilizar os dados, sem mais benefícios corporativos do que o progresso setorial e de saúde do país.  

 

Como balanço do estudo, Joan Barrubés citou os primeiros sete indicadores da sua primeira edição, que logo duplicou para, em 2015, subir para 25 pontos de análise, momento em que se começou a contar com informação do setor público, como a disponibilizada pela Comunidade de Madrid em 2016. Então, precisou, em 2017, as entidades de saúde participantes tiveram que superar o desafio de passar da classificação CID-9 para a mais recente CID-10.

 

Como novidade em 2018, falou de um foco mais especializado no conhecimento dos pacientes do setor com mais de 65 anos, para além dos dados habituais sobre produtividade assistencial, com um número que ultrapassa o bilião e meio de dados precisos.

 

Barrubés mencionou também como novidade que o RESA já abrange todo o território nacional, com números tão importantes como um quarto de todas as altas hospitalares do país, juntamente com metade das cirurgias, ao que se somam 2,5 milhões de consultas externas e cerca de cinco milhões de urgências. Tudo isto para além de um milhão e meio de exames de imagem, TACs e ressonâncias, fundamentalmente. Falou também de um desvio padrão com tendência de redução, que expressa a homogeneidade do setor na procura pela qualidade. (...)

 


Fonte: Acta Sanitaria
Aceder à notícia original

Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade