Percurso e orientações para seguimento farmacoterapêutico da Fibrose Pulmonar Idiopática



Descrição


 

La Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI) é uma doença rara muito grave que, atualmente, pode afetar cerca de 7.500 pessoas em Espanha.

 

Devido à baixa prevalência da FPI, a casuística na maioria dos hospitais é limitada e, por isso, perante um novo caso os profissionais de saúde podem colocar numerosas dúvidas sobre a patologia e o seu tratamento.

 

O seu diagnóstico é complexo e requer a colaboração multidisciplinar de vários profissionais de saúde no momento do diagnóstico, na decisão terapêutica, dispensa de medicamentos e seguimento do paciente.

 

Até há relativamente poucos anos, esta patologia não dispunha de nenhum tratamento específico que retardasse a evolução da doença, mas com a disponibilização dos novos tratamentos antifibróticos (o primeiro em 2014) a estratégia terapêutica da FPI deu uma volta de 180 graus. Apesar deste avanço, não existe um documento que descreva um processo assistencial colaborativo entre Pneumologistas e Farmacêuticos Hospitalares, com um claro enfoque na melhoria dos resultados em saúde do paciente FPI.

 

Sob esta premissa, este documento constitui um esforço para desenvolver e formalizar, pela primeira vez, tanto a descrição do percurso que segue o paciente com FPI, como uma série de recomendações e ferramentas que permitam trazer melhorias nesse processo assistencial. Para alcançar este objetivo desenvolveu-se uma metodologia de trabalho baseada na cooperação entre pneumologistas e farmacêuticos hospitalares, tanto no enfoque como no desenvolvimento dos conteúdos do documento. Isto permitiu consensualizar uma série de recomendações e propostas a ter em consideração.

 

Neste documento, procura-se alcançar três objetivos:

  • Proporcionar uma metodologia de trabalho cooperativo entre o pneumologista e o farmacêutico hospitalar, para facilitar o complexo seguimento farmacoterapêutico de pacientes com esta patologia
  • Partilhar experiências para estimular a cooperação do farmacêutico hospitalar com o pneumologista
  • Estabelecer o percurso do paciente com FPI, desenhando os principais processos assistenciais na Disease Management desta patologia que permitam otimizar os resultados em saúde dos pacientes com FPI


Autores


Boehringer Ingelheim.
Con la colaboración de Antares Consulting



Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade