Modelo de hospital ligeiro ou de alta resolução.


Estabelecimento de critérios para tomar decisões sobre o mapa hospitalar do SERGAS (Serviço Galego de Saúde).


Descrição


Justificação


 
O SERGAS (Serviço Galego de Saúde) deu início ao planeamento em saúde, e  precisava estabelecer critérios para tomar decisões sobre o visão hospitalar para cada uma das quatro províncias. Num contexto de contenção orçamental, era crítico determinar esta situação.

 

Características do documento

 

O documento estrutura-se em duas partes. Na primeira parte analisa-se a origem do conceito, assim como uma clarificação entre as diferentes terminologias utilizadas em diferentes países. Além disso,  faz-se uma revisão de tipologias de hospitais (extinto INSALUD, IASIST, Departament de Salut de la Generalitat de Catalunya) com as suas  diferentes características. Na  segunda parte, apresentam-se 3 modelos de hospital (básico, geral, universitário) em função de uma análise de 11 variáveis: população de referência, carteira de serviços, actividade, profissionais, estruturas, tecnologias, finanças, modelo de prestação de serviços, papel dos cuidados primários, papel das urgências, investigação e docência.

 



Autores


Antares Consulting



Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade