Benchmark das melhores práticas em gestão de risco e políticas de reestruturação do governo clínico dentro do âmbito hospitalar



Descrição


Justificação
 
Desde a publicação em 1999 do estudo “To Err is Human” a segurança do doente e a gestão de riscos tem-se convertido no tema central da política de saúde mundial. Neste contexto, as linhas e estruturas de actuação em relação à gestão de riscos no hospital (risk management), assim como a reorganização coerente das estruturas do governo do mesmo são conjunturais. A Agência de Qualidade do SNS encomendou este estudo para análise de hospitais de 3 países: EEUU, Reino Unido e França.

 
Características do documento

 

Depois de uma breve  introdução com os objectivos e a explicação da metodologia utilizada, explicam-se os resultados em 3 partes: (1) As causas que impulsionaram o desenvolvimento de uma verdadeira político-cultural de gestão dos riscos nos hospitais estudados, (2) As barreiras encontradas nestes hospitais (3) As lições aprendidas.

 

Na parte das conclusões, foram revistos os resultados da workshop de validação realizado por experts provenientes de todo o país: (a) Identificar os factores impulsionadores para o desenvolvimento e uma política de gestão de riscos e reorganização do governo clínico nos hospitais de Espanha, para além de identificar as principais barreiras para a sua operacionalização; (b) identificar as iniciativas a desenvolver para promover a gestão de riscos e a reorganização do governo clínico.

 



Autores


Antares Consulting



Aceder ao link
Copyright © 2019 Antares Consulting S.L. Todos os direitos reservados   |   Informações legais e Política de privacidade